Por: Sistema Por Acaso | 3 anos atrás

IMG_4172-1024x682

Após cinco meses fechada, a Rota das Cachoeiras será reaberta ao público neste sábado, 20/12. O ponto turístico está fechado desde o dia 8/6, após as fortes chuvas que atingiram o Vale do Itapocu. Duas pontes e deques de madeira foram destruídos. Diversos locais da trilha que leva às 14 cachoeiras do local tiveram pontos de deslizamentos. A recuperação da Reserva Particular de Patrimônio Natural Emílio Fiorentino Battistella custou R$ 200 mil. Esse foi o período de maior interdição e que a enchente causou os maiores estragos desde a abertura da reserva, em 1989.

A novidade para quem sobe a trilha, que pode ser percorrida com segurança durante quatro horas, é a colocação de pedras no caminho, que aumentam a capacidade de carga do solo e garantem a sustentação da trilha para os visitantes.

O preço do ingresso para fazer a trilha aumentou. De R$ 10, o valor cobrado passa a ser R$ 15, sem desconto para crianças ou idosos. Os ingressos não estão à venda na portaria da Rota e devem ser adquiridos nos dois pontos de venda: Mercado Fossile e Camping Conrad, próximos ao Rio Novo, onde está o ponto turístico. De novembro até março, o acesso à trilha é aberto até as 15h. Por segurança, banhos nas cachoeiras são proibidos.

A reserva tem no total 1.153,66 hectares de área protegida. A trilha possui 2.950 metros. Agora, a cada 100 metros, há uma placa indicando quantos metros o visitante andou e quantos ainda faltam para chegar à última queda, a Cachoeira Salto Grande com 125 metros. Nos últimos cinco anos, em média 18 mil pessoas por ano estiveram na Rota.

Quem for a partir do dia 20 caminhar pela trilha denominada Passa Águas, continuará precisando de esforço para fazer com que o físico sustente o trajeto. Vestir roupas leves e levar água e comidas leves é essencial.

Como chegar:  Pela BR-280, há dois trevos de acesso: o principal, pela Rua Roberto Seidel, e o secundário, pela Rua Francisco Mess. Os dois acessos serão direcionados ao bairro Rio Novo. Uma estrada de 14 quilômetros leva à Rota.

Ingresso: R$ 15

Reabertura: 20 de dezembro

Horários: De abril a outubro, até as 14 horas. De novembro a março, até as 15 horas

Mais informações: (47) 3375-2232

Com informações do OCP Online.