Por: Max Pires | 6 anos atrás

Quem viu essa na coluna do Cacau Menezes?

 

Sem papas na língua, o delegado Renato Hendges, ex-diretor geral da Deic, denunciou há alguns instantes, em coletiva à imprensa, que a demissão do delegado Cláudio Monteiro “tem conotação política”. Monteiro estaria conduzindo investigações que mexeriam com a estrutura do governo, entre elas o desvio de R$ 52 milhões da Celesc e de peças do Grupo Gerdau. O secretário de Segurança, César Grubba, foi intimado a depor no caso das peças, salientou Renato Hendges. Esta intimidação teria precipitado a exoneração.

Pra quem não lembra, fizemos um post essa semana falando sobre a exoneração de Cláudio Monteiro da Deic, sendo que até então os motivos estavam relacionados a declarações feitas por ele referente a ação dos “caixeiros” em Santa Catarina.