Por: Ricardo Daniel Treis | 5 anos atrás

Golpe baixo!

O projeto de lei que destina royalties do petróleo para educação e saúde, aprovado pelo Senado na noite de terça-feira, reduziu em 62% o montante direcionado às duas áreas em relação ao que havia sido votado pelos deputados.

O repasse cai de R$ 279,08 bilhões para R$ 108,18 bilhões. No caso da educação, o porcentual diminui 53,43%: de R$ 209,31 bilhões para R$ 97,48 bilhões. Na saúde, com a redução de 84,7%, o valor despenca de R$ 69,77 bilhões para R$ 10,7 bilhões.

Senado alega que as medidas tomadas anteriormente não tinham viabilidade prática… As cifras aceitas não são compatíveis com contratos já firmados, por exemplo. Quer dizer: o que fizeram foi só pra deixar todo mundo quieto.

Ratalhada sem palavra ou moral.