Por: Gabrielle Figueiredo | 2 anos atrás

Você sabia que a ração que seu pet come pode influenciar no seu pelo ou até causar problemas nos rins se ela não for adequada?

Para fugir dessas situações, fique atento a essa dica: evite as rações coloridas! Isso mesmo, quanto mais coloridas, mais mal fazem para seu pet.

Mal industrializado

As rações coloridas são muito comuns de se encontrar à venda nos mercados, são aqueles pacotes de linhas comerciais que, muitas vezes, são mais em conta.

Porém, as rações coloridas contém muito sal, temperos e corantes – tudo para torna-la atrativa. Segundo o veterinário da Doctor Pet, Marcos Martinelli, isso pode provocar em longo prazo (em alguns animais sensíveis, a curto prazo) problema de trato urinário, trato renal, de pele e até perda de pelo.

rações coloridas mal

Caso sejam castrados, os pets podem ter tendência para cristalizar pedras na uretra, formando micro cálculos. “Para comparar, pense na pedra no rim que acontece conosco”, exemplifica.

Além disso, a quantidade necessária desse tipo de ração precisa ser de duas a três vezes maior, isso porque o animal não se satisfaz. “Elas contém pouca carne, em sua maioria é fibra vegetal, farelo de arroz, de soja, por exemplo”, explica.

Além de não satisfazer o pet, a ração pode influenciar nas fezes do animal, deixando com odor forte. “Se seu pet está fazendo muitas fezes, preste atenção, pois isso também pode ser decorrente da ração”, complementa.

E quais as opções?

Segundo o veterinário, apostar em rações super e high premium valem a pena no final. Mesmo que mais caras, a quantidade necessária para satisfazer o animal é menor. “No fim do mês, a conta fecha praticamente a mesma”, reforça.

Nesse tipo de ração, a carne é bastante presente na composição, além de ovo, frango e proteínas, por exemplo.

Mas caso você não possa investir em uma ração mais cara, prefira as de uma só cor. 😉

E as rações úmidas?

rações umidas

Segundo Marcos, os saches ou as rações úmidas em latas, consumidas pelo animal exporadicamente, não fazem mal e até ajudam na flora intestinal do pet.

O que não pode é usar exclusivamente esse tipo de ração na alimentação, pois aí ficarão faltando carboidratos, vitaminas e minerais, por exemplo.