Por: Ricardo Daniel Treis | 2 anos atrás

A Comissão Central Organizadora (CCO) da Schützenfest promove nesta terça, dia 28, às 19h30, na sala da Indústria do Vestuário do Centro Empresarial de Jaraguá do Sul (Cejas), mesa-redonda para discutir a realização da festa. Em sua 28ª edição, a “festa dos atiradores” ocorre, neste ano, de 10 a 20 de novembro. A ideia é envolver a comunidade, a exemplo do que ocorreu em 2015, quando, em 31 de março, um evento de mesma natureza discutiu o futuro da Schützenfest.

O evento contou com a presença de autoridades, conhecedores de realidades similares e responsáveis pela organização de outras festas, como o presidente do Parque Vila Germânica e secretário de Turismo de Blumenau, Ricardo Stodieck, uma das pessoas à frente da Oktoberfest. Entre os temas centrais da discussão constaram: culinária, música, bebida e gestão do evento. Na ocasião, questões como qual a melhor maneira de administrar o evento, como aproximar ainda mais o público da “festa dos atiradores” conservando-se o caráter familiar da festa e quais novidades podiam ser aglutinadas tendo em vista a manutenção da tradição foram debatidas.

Convite Mesa Redonda 28

Da mesa-redonda surgiu a ideia de transferir a festa que tradicionalmente ocorria em outubro para novembro e incrementar a gastronomia, motivos de muitos elogios à organização. A 27ª edição, de 12 a 22 de novembro, apresentou, segundo relatório geral, receita de R$ 1.381.337,66, com despesas somadas em R$ 1.138.828,26, sendo o superávit de R$ 242.509,40. O público contabilizado foi de 70.924 visitantes; 7,7 mil pessoas prestigiaram os dois desfiles; 200 participantes do tiro imprensa; 400 no Sons e Sabores, além de 700 pessoas no Schützenbaum, totalizando em 79.924 o público da Schützenfest. Na época, calculou-se em 4.938 os pratos típicos comercializados, o consumo de 96 mil copos de chope e 45.278 lanches.

Números da 27ª Schützenfest – Fonte: Comissão Central Organizadora – CCO
Receita: R$ 1.381.337,66;
Despesas: R$ 817.422,50;
Investimento em cultura: R$ R$ 321 mil;
Público: 70.924;
Pratos típicos: 4.938;
Chope: 96 mil copos;
Total de tiros disparados: 106.368 (na festa, 76.068. Os demais referem-se às etapas do torneio oficial de 2015).


Artigo: Comunicação PMJS