Por: João Marcos | 5 anos atrás

Como se não bastasse a acusação de emburrecer as pessoas, a tevê encara outro problema, ainda mais grave, segundo matéria da Super: pesquisadores da Austrália descobriram que passar muito tempo em frente à telinha pode encurtar seus anos de vida.

Eles acompanharam 8,8 mil adultos, nenhum com histórico de doenças cardíacas, por mais de 6 anos. Durante o período, 284 pessoas morreram – a maioria passava mais de 4 horas, diariamente, vendo televisão. Segundo a pesquisa, quem gasta tanto tempo assim com a tevê tem 80% mais chances de morrer por conta de doenças do coração do que os telespectadores menos vorazes, que passam, no máximo, 2 horas por dia. E mais: o risco de morrer por conta de qualquer outro motivo aumenta 46%.

Ou seja, quanto mais tempo em frente à tevê, mais perto você fica da morte. E, nesse caso, uma hora a mais faz toda diferença. Cada hora extra aumenta em 11% o risco de morrer – e em 18% a chance de sofrer alguma complicação cardíaca fatal.

Mas a tevê, nem é a maior culpada. As porcarias que você come enquanto vê tevê também não. O problema mesmo é ficar tanto tempo sentado. “Quem passa muitas horas em frente à tevê fica muito tempo sentado, e isso, invariavelmente, resulta na ausência de movimento muscular”, explica o pesquisador David Dunstan. Segundo ele, essa falta de movimento pode prejudicar o metabolismo do seu corpo.