Por: João Marcos | 5 anos atrás

Soube dessa? E o motivo: uma briga entre vizinhos.

c53aad1f2a584e9d3a5dcaee261ba5d4Facebook11

 

A modelo e apresentadora Luize Altenhofen falou sobre a polêmica causada após a discussão com um vizinho, que quase derrubou o Facebook nesta quinta-feira. A Justiça de São Paulo deu 48 horas para que a rede social retirasse do ar mensagens da modelo sobre o dentista Eudes Gondim Jr., sob pena de que os provedores de internet bloqueassem o acesso ao site.

“Não quis tirar o Facebook do ar. Meu perfil, aliás, é supertranquilo. Em cima das mensagens postadas por mim, na época, surgiram inúmeros compartilhamentos contra e a favor. Muitos, por exemplo, criticaram o fato de eu ter pitbulls com criança pequena em casa. Não tenho nada a ver com este processo, nem tenho como controlar o conteúdo postado por outras pessoas na internet. Minha luta é contra a agressão ao meu animal, que sofreu fratura no crânio, ficou cego, e, até hoje, anda com dificuldade por conta da violência sofrida”, desabafou Luize.

“Uma vez informado do conteúdo ilegal em questão, a ordem judicial foi cumprida”, afirmou O Facebook.

No início da noite desta quinta-feira, a ordem judicial foi cumprida, segundo o Facebook, porque dessa vez a defesa de Gondim enviou os links corretos das páginas. O site foi pego no fogo cruzado de uma disputa entre Luize e seu vizinho. Gondim bateu com uma barra de ferro num pit bull dela em janeiro. Segundo ele, o animal tentou atacar a ele, sua mulher e sua filha.

O cão foi levado pela polícia ao veterinário. No mesmo dia, Luize arrebentou o portão da casa do dentista com sua caminhonete. Gondim registrou queixa pelo ataque do cão e pelo acidente. Segundo a polícia, Luize disse que não conseguiu acionar o freio quando ia à clínica veterinária. O dentista pede na Justiça R$ 106 mil por danos morais e materiais.

“Quero justiça pelo que aconteceu. Teremos a primeira audiência agora em outubro. Amo os pitbulls. Tudo é a forma como você educa eles. Acabei de colocar minha filha para dormir e o Ring está lá no pé da cama”, afirmou Luize, que tem três animais da raça.

O assunto foi parar no Facebook, em postagens que o dentista pediu para retirar. O TJ-SP determinou que a rede social as retirasse em abril e reiterou a ordem em junho. A empresa alegou que o “Facebook Brasil não é o responsável pelo gerenciamento do conteúdo e da infraestrutura do site”. E completou: “Essa incumbência compete a duas outras empresas autônomas, denominadas Facebook Inc. e Facebook Ireland LTD.”, nos EUA e na Irlanda, respectivamente. O juiz Régis Rodrigues Bonvicino, considerou a declaração “afrontosa à soberania brasileira”. “Se o Facebook opera no Brasil, ele está sujeito às leis brasileiras”, escreveu. O magistrado citou ainda a revelação de que a presidente Dilma Rousseff e a Petrobras foram alvo dos programas de espionagem cibernético do governo dos Estados Unidos. “O Facebook não é um país soberano superior ao Brasil”, enfatizou o juiz.

O Facebook tem por política cumprir ordens judiciais para bloqueio de conteúdo desde que tenha a especificação do conteúdo considerado ilegal”, afirmou a empresa.

Via G1