Por: João Marcos | 22/10/2012

Talvez por falta de tempo, excesso de preguiça, por já estar acomodado na tal zona de conforto. Falta de oportunidade com certeza não é, então fica a pergunta pichada no muro:

Rotina, rotina e rotina. Estamos presos a isso devido ao trabalho, aos estudos e compromissos diários que, infelizmente, é algo que todo ser humano está propenso de passar pelo menos em algum período da vida. Nos prendemos naquela hora em que fazemos algo e completamos:

– Ah, pra primeira vez está ótimo!

Mas o problema é que adotamos essa “primeira vez” – caso seja aprovada, seja qual for o contexto – como regra, e não fazemos nenhum esforço para melhorar essa primeira vez em uma outra primeira vez (confuso, mas acho que deu pra entender o espírito da coisa).

Vale pensar no tempo que perdemos com isso, nas oportunidades que deixamos passar com aquele “daqui a pouco eu faço” ou “deixa pra depois” diários que nos vemos fazer. A oportunidade aparece – na maioria delas – uma vez só, deixar passar por futilidade ou preguiça com certeza não é o caminho. Arriscar e ter coragem, fazer planos e concluí-los ou tentar. Afinal, vai que vira?

Então fica mais uma vez a pergunta – e responder que foi perder a virgindade não vale – quando foi a última vez, que você fez algo pela primeira vez?

Ah e tem esse link aqui, que se você está interessado pelo tema pode te dar uma injeção de ânimo. Afinal, se passarmos do dezembro dos Maias, 2013 taê, não é mesmo?