Por: Ricardo Daniel Treis | 6 anos atrás

Segue um dos microcontos desse livraço que ganhei de presente de Mr. Bini. Prestenção no cenário, e a Itajaí daquelas enchentes medonhas de 2008, onde coisas ainda mais medonhas rolaram no pano de fundo, mas poucos ficaram sabendo… E o livro “brinca” com isso.


FALTA DE RESPEITO
Hoje em dia ninguém respeita mais nada, antigamente se respeitava a morte, temia-se a morte. No tempo que eu era novo, uma coisa dessas nunca ia acontecer. Fui a quantos velórios, daqueles bons, feitos em casa, que o morto já está cheirando a queijo importado e o povo ali, rezando, nem bola pro cheiro. Agora a enchente virou desculpa pra tudo, se aproveitam da calamidade pra fazer coisas horríveis. Onde já se viu, jogar morto correnteza afora, com caixão e tudo? Fosse vivo voltava lá e dizia poucas e boas praquele rapazote da funerária.


SAÍDA EM GRANDE ESTILO
Frigobar com bebida vencida, sem restaurante, longe do centro e, pra finalizar, saída em grande estilo: de bote. Fui economizar no hotel, virei desabrigado.

O livro tem mais 68 desses, alternando entre poéticos, engraçados e, na grande maioria, chocantes. Recomendo pacas a encomenda.