Por: Misael Freitas | 13/03/2017

Todo mundo já ouviu aquela história de que uma taça de vinho por dia faz bem para a pressão e até para o coração, mas será que isso é verdade? E a cervejinha? Será que também traz benefícios para o nosso corpo ou só dá a famosa barriga?

Para esclarecer esta dúvida, o Dr. Drauzio Varella conversou com o médico psiquiatra, phD em Dependência Química, Ronaldo Ramos Laranjeira. Veja o que ele responder sobre a dosagem saudável de álcool para ser ingerida diariamente:

“Há um padrão de consumo que pode ser considerado de baixo risco, pouco tóxico e, eventualmente, até benéfico à saúde em algumas situações. É o caso do adulto sem nenhuma doença, que bebe até duas doses de vinho por dia, ou dois copos de cerveja, ou uma dose de destilado. Na gravidez, porém, uma dose diária de álcool é suficiente para intoxicar o feto”, comenta.

Ronaldo alerta que nunca se pode perder de vista que o álcool é uma substância tóxica independente da dose. “E quanto maior for o volume ingerido, mais tóxico ele é”, explica.

“Se a pessoa beber três, quatro doses de vinho num dia, estará expondo seu organismo a um nível de toxicidade que mudará seu padrão de sono e aumentará o risco de hipertensão”, exemplifica o médico.

Segundo especialista em dependência química, um número maior de doses diárias provavelmente vai provocar dependência e outros problemas como doenças cardiovasculares e acidentes pessoais.

Agora que você já sabe qual a dose saudável de álcool para consumir diariamente, fique de olho nos exageros!

Fonte: Dr. Drauzio Varella