Por: Max Pires | 7 anos atrás

Um possível jogo de equipe da Ferrari no Grande Prêmio do Brasil neste domingo está ainda mais difícil, pelo menos no que depender do promotor Paulo Castilho, do Juizado Especial Criminal.

A coluna da jornalista Mônica Bergamo na edição desta quinta-feira do jornal Folha de S.Paulo publicou uma entrevista em que o promotor ameaçou de prisão o brasileiro Felipe Massa caso ele dê passagem para seu companheiro de time, Fernando Alonso.

Segundo Castilho, o Estatuto do Torcedor prevê detenção de até seis anos para quem “fraudar ou contribuir para que se fraude” o resultado de uma competição esportiva. “Se ele fizer isso, ele tem de sair algemado de Interlagos”, afirmou.

Essa não seria a primeira vez que os dois pilotos da Ferrari estariam envolvidos em um jogo de equipe na temporada 2010 da Fórmula 1. No GP da Alemanha, o brasileiro já deu passagem para o espanhol depois de liderar boa parte da prova.

Via UOL.