Por: Ricardo Daniel Treis | 5 anos atrás

Nota destaque na coluna de Patrícia Moraes n’O Correio do Povo de hoje:

Depois de algumas tentativas frustradas, representantes da Viação Canarinho e da Prefeitura estiveram frente à frente na semana passada para alinhar futuras melhorias para o sistema de transporte coletivo. A reunião foi sigilosa. Segundo fonte oficial, Decio Bogo se mostrou disposto a cooperar e quebrar o clima bélico instaurado desde o decreto de Dieter Janssen, que baixou o preço das passagens de ônibus. Entre os projetos do prefeito para o próximo ano, uma das prioridades deve ser a contratação de uma empresa especializada, que indique tecnicamente quais devem ser as linhas e os itinerários.

Até hoje, a decisão acontece de forma aleatória, é o tal do quem pressiona, leva. O mesmo levantamento deve avaliar a necessidade dos mini-terminais, tirando alguns coletivos do centro da cidade. Também foi negociada com a Canarinho a implantação de um sistema circular que leve os passageiros ao comércio central, aos bancos, cartórios, Pama, Fórum e Prefeitura.

Esse tipo de ônibus deve passar no ponto de 10 em 10 minutos. Enquanto isso, a Prefeitura vai expandir as faixas preferenciais para as ruas Epitácio Pessoa, Waldemar Grubba, Getúlio Vargas e Bernardo Dornbusch. Aliada às melhorias previstas, será elaborada uma campanha incentivando o uso do ônibus, envolvendo empresas e comércios e a sociedade em geral.


Bem-vindo, planejamento estratégico. Aproveita o embalo e traz a prática e execução junto.