Por: Ricardo Daniel Treis | 6 anos atrás

O Projeto de Lei nº 38/2011, que padroniza a velocidade registrada pelos redutores eletrônicos das rodovias de Santa Catarina, foi aprovado em sessão ordinária da Assembleia Legislativa nesta terça-feira.

A proposta é do deputado Sargento Amauri Soares e determina que a velocidade máxima permitida por aparelhos de fiscalização instalados nas rodovias e estradas seja a mesma. No caso, a ideia é determinar que seja de 50 km/h.

De acordo com o parlamentar, a falta de padrão muitas vezes provoca engarrafamentos e acidentes. Em Blumenau, a Lei Municipal nº 6154/2003 já padronizou a velocidade máxima em todos os redutores eletrônicos nas vias municipais. Segundo o deputado, é uma lei muito bem recebida há 10 anos.

Via


Agora tem é que tirar a superstição do couro desse povo. A placa marca 50 km/h, mas o tiozão passa a 25 km/h “só pra garantir”, e depois ainda roda mais uns 300 metros nessa, “só pra garantir”.