Por: João Marcos | 3 anos atrás

Uma pesquisa da consultoria Robert Half mostrou os motivos que levam empregadores a ordenarem demissões no Brasil. Segundo os diretores de recursos humanos ouvidos pelo estudo, a principal razão para desligar um funcionário é o fraco desempenho no trabalho.

size_810_16_9_executivos-conversando---we

“O principal recado que fica para o profissional é que as empresas estão cobrando resultados mais do que nunca”, diz Caio Arnaes, gerente sênior da Robert Half. O baixo nível de performance ficou no topo do ranking, com 34% das respostas.

Problemas associados ao comportamento do funcionário apareceram em seguida. Falta de aderência à cultura da empresa e dificuldades de relacionamento com a equipe foram questões citadas por 26% e 16% dos entrevistados, respectivamente.

Segundo Caio, mesmo os problemas pessoais, não associados à capacidade técnica do profissional, acabam resvalando na produtividade do funcionário. “Se você não combina com a maneira de ser da empresa ou não se dá bem com as outras pessoas, dificilmente terá uma boa performance”, afirma ele.

Veja abaixo a lista com as razões mais comuns para que empregadores demitam um funcionário:

Baixo desempenho – 34%
Falta de adequação à cultura da empresa – 26%
Relacionamento ruim com a equipe – 16%
Atrasos e faltas – 12%
Relacionamento ruim com o superior – 10%
Outros motivos – 2%

Via Exame