Por: João Marcos | 5 anos atrás

O médico mexicano Héctor León Romero, 31 anos, se apresentou nesta segunda-feira  na Secretaria da Saúde de Jaraguá do Sul. Ele se inscreveu no Programa Mais Médicos, do governo federal, e está à disposição do município para atuar na Estratégia Saúde da Família do SUS. Coube à diretora de Atenção Básica Iuá Marafon Guenther apresentá-lo à equipe da Saúde e mostrar a ele a estrutura e os serviços da Saúde e da Prefeitura em geral na manhã desta segunda-feira.

Prefeito Dieter Janssen, Iuá Guenther e Héctor Romero

O médico aguarda o registro provisório do Conselho Regional de Medicina (CRM-SC) para começar a clinicar no Posto de Saúde Álvaro Batalha, no bairro Vila Lalau, o que deve acontecer até sexta-feira (27), como explica Iuá. O posto foi escolhido por ser uma das unidades sem médico clínico geral e vai passar do status de Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PAC) para Estratégia Saúde da Família (ESF), com médico ESF 40 horas. O médico é contratado pelo governo federal para trabalhar três anos na Estratégia Saúde da Família.

Héctor Léon Romero é da cidade de Puebla, estado de Puebla, no México. Formou-se em Medicina em 2007 pela Benemérita Universidad Autónoma de Puebla (Buap) e especializou-se em psiquiatria de 2008 a 2012 pela Universidad Nacional Autónoma de México (Unam). Neste ano finalizou o Curso de Formação On Line de Pesquisadores em Álcool e Outras Drogas Psicoativas, da USP, Ribeirão Preto – SP. Não tem experiência em clinicar, pois terminou a formação há pouco. “Atuei como médico psiquiatra no México, em uma unidade toxicológica, apenas dois meses. Logo já fui chamado pelo Programa Mais Médicos”, explica.

Romero entende e se expressa com facilidade na Língua Portuguesa, já que tem amigos brasileiros e a namorada brasileira, que mora em Jaraguá do Sul. Ele adianta que vai prestar o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos (Revalida), pois, no futuro, quer atuar como médico em outros programas e serviços de saúde do Brasil, não só a Estratégia Saúde da Família. “Estou sendo bem recebido na cidade e acho que a comunidade e o município estão receptivos à minha chegada. Estou com muita vontade de trabalhar”, afirmou o médico.

Jaraguá do Sul abriu quatro vagas para o Programa Mais Médicos, do governo federal. Apenas dois candidatos, estrangeiros, se inscreveram para o município. A previsão de chegada da outra médica, Marzhan Zhalnakhanbetova, do Uzbequistão (país da extinta União Soviética), é também nesta segunda-feira (23), em Brasília. Será necessário passar por um curso de adaptação em Brasília, depois em Florianópolis, para então chegar ao município de atuação.

Via PMJS