Por: Sistema Por Acaso | 3 anos atrás

Seria mais interessante ir à igreja se a missa fosse acompanhada de um Big Mac com fritas? Essa é a ideia por trás do McMass (‘McMissa’), grupo cujo objetivo é colocar uma franquia do McDonald’s dentro de uma igreja.

Liderado por Paul Di Lucca, diretor de criação da agência de branding religioso Lux Dei, o grupo lançou uma página no site de crowdfunding IndieGoGo. Ele pretende arrecadar US$ 1 milhão para construir a primeira igreja do McDonald’s. O dinheiro será destinado à compra da franquia e à construção. Atualmente, o grupo busca uma igreja para estabelecer uma parceria.

“É hora de as igrejas se envolverem com o empreendedorismo”, escreve o grupo. “Ao combinar uma igreja e um McDonald’s, podemos
criar uma igreja popular autossustentável, capaz de inspirar o envolvimento da comunidade, e um restaurante McDonald’s sem igual.”

Segundo o projeto, apenas nos EUA, cerca de 3 milhões de pessoas deixam de frequentar igrejas por ano, e, em 2013, 10 mil paróquias fecharam as portas naquele país. Por outro lado, o McDonald’s serve 70 milhões de refeições todos os dias, atraindo 9 milhões de famílias aos restaurantes da rede.

— O cristianismo é incapaz de capturar públicos modernos — disse Di Lucca, à emissora NBC. — Existe uma falta de inovação e ‘design thinking’ nas comunidades paroquiais.

A recompensa por ajudar a trazer um McDonald’s até a igreja mais próxima? Dependendo do tamanho da doação, pode­-se ganhar
desde um “amém” até adesivos e camisetas com a hashtag #Feast4Jesus, podendo até ter o nome gravado na parede de doadores da
primeira igreja ‘McMissa’.

Via Estadão.