Por: Ricardo Daniel Treis | 3 anos atrás

climaseg

Informações via Defesa Civil: risco moderado de deslizamentos de terra nos municípios de Timbó, Rodeio, Brusque, Itajaí, Gaspar, Blumenau e Pomerode (Vale do Itajaí), Florianópolis e São Jose (Grande Florianópolis) e Balneário Camboriú (Litoral Norte). A precipitação acumulada registrada nas ultimas 72 horas nas estações pluviométricas do Cemaden e elevada, e existe a atuação de áreas de instabilidade sobre as regiões. A previsão é de diminuição e cessar as chuvas no decorrer do dia (ver aviso meteorológico).

No decorrer da segunda-feira (30/03), cessa a chuva em SC, com o deslocamento da instabilidade para o oceano. Pela manhã ainda ocorre chuva fraca do Oeste ao Planalto, melhorando com aberturas de sol a partir da tarde. No Litoral e Vale do Itajaí, a previsão de melhora é mais para o final de tarde e noite.

O acumulado de chuva para hoje é pouco significativo e varia de 10 a 20 mm em média, porém permanece o ALERTA para deslizamentos em áreas vulneráveis no Litoral e Vale do Itajaí.

Deslizamentos de terra: deve ser observada qualquer movimento de terra ou rochas próximas a suas residências, inclinação de postes e árvores e rachaduras em muros ou paredes. Neste caso, é recomendável que a família saia de casa e acione a Defesa Civil municipal ou o Corpo de Bombeiros.

Terça-feira (31/03): Chuviscos isolados no início do dia no Litoral e áreas próximas. No decorrer da manhã, o tempo melhora rapidamente com presença de sol em todas as regiões durante a tarde. Temperatura amena. Ventos de sul a sudeste, fraco a moderado.

Quarta e quinta-feira (01 e 02/04): Massa de ar seco deixa o tempo estável com predomínio de sol em SC. Temperatura baixa pela manhã, em elevação à tarde com a presença do sol. Vento de sul a sudeste, fraco a moderado com rajadas.

Tendência de 03 a 12 de abril de 2015: tempo estável e temperatura amena em SC entre os dias 03 e 04. Nos dias 05 a 08 ocorre chuva devido a áreas de baixa pressão e à passagem de uma nova frente fria. A temperatura diminui com o avanço de uma massa de ar frio a partir do dia 09.

E os próximos meses prometem…

A previsão do tempo para o trimestre no Estado é de temperaturas acima da média. Mesmo com ondas de frio mais intensas, segundo a Epagri/Ciram,
períodos prolongados de temperaturas elevadas devem ser registrados: os chamados “veranicos de outono”. A partir de maio, os indicativos são de chuva a
acima da média, por influência do fenômeno El Niño.

Em maio e junho, as ondas de frio chegam mais intensas a Santa Catarina, com geadas generalizadas em todas as regiões catarinenses e possibilidade de
neve, principalmente, no Planalto Sul.