Por: Ricardo Daniel Treis | 8 anos atrás

Mais uma baixa no primeiro escalão da prefeita Cecília Konell (DEM). Depois da saída de Irineu Pasold da Secretaria de Saúde; de Ivo Konell, da Secretaria de Administração e Finanças; e de Valmir Eloi da Procuradoria-geral, foi a vez do presidente da Companhia de Desenvolvimento de Jaraguá do Sul (Codejas), Adolar Jark, encaminhar o pedido de exoneração.

O estopim da nova crise seria a demora na definição do projeto de implantação do estacionamento rotativo de Jaraguá do Sul. “Primeiro, existia uma opção de que a Codejas assumiria os trabalhos, através de projeto de lei criado pela Prefeitura. Com isso, até realizamos concurso para a contratação de 25 monitores de trânsito. Agora, já existem questionamentos da legalidade. É o tipo de situação que desgasta muito”, lamentou Adolar (…)


Publicada sexta-feira no AN, leia a notícia completa.