Por: Gabriela Bubniak | 3 meses atrás

O mês de fevereiro promete espetáculo no céu com vários fenômenos, que incluem um eclipse solar parcial e chuva de meteoros na próxima semana já.

De 02 a 12 de fevereiro será vista a luz zodiacal. Essa luz em forma de pirâmide é facilmente confundida com o brilho de uma cidade distante, no horizonte, e às vezes é chamada de madrugada falsa.

Mas essa luz etérea é causada pela luz solar refletindo a poeira antiga suspensa entre os planetas.

O melhor momento para ver a luz fantasma no céu é cerca de uma hora após o pôr-do-sol, olhando para o horizonte do lado ocidental, em uma região escura com pouca poluição luminosa.

Alpha Centaurídeos

No dia 08 de fevereiro tem o Alpha Centaurídeos.

O fenômeno é uma chuva de meteoros cujo radiante está localizado próximo da estrela Alfa Centauri, na constelação de Centauro.

Procure os Alpha Centaurídeos após o anoitecer no dia 8 e antes do amanhecer do dia seguinte.

Os madrugadores do dia 11 devem procurar a lua crescente que se encontra ao lado do planeta Saturno, que estará a sudeste no céu uma hora antes do nascer do sol.

Marte e Antares alinhados

No dia 12 de fevereiro tem Marte e Antares alinhados.

Ao amanhecer, olhe para dois pontos de luz alaranjados a sudeste no céu – o planeta vermelho Marte e a estrela gigante vermelha Antares.

Uma das estrelas mais brilhantes da constelação Scorpio, Antares significa “rival de Marte”, um nome grego baseado na cor e no brilho da estrela em nossos céus.

Mas enquanto Marte é cerca de um terço do tamanho da Terra, Antares é tão grande que, se substituísse o nosso sol, sua atmosfera exterior atingiria a órbita do planeta vermelho.

No dia 12, o fosso aparente entre os dois objetos brilhantes será de apenas cinco graus, igual à largura dos seus três dedos do meio mantidos ao comprimento do braço.

Na verdade, Marte está a cerca de 140 milhões de milhas de distância da Terra, em média, enquanto Antares a um enorme período de 600 anos-luz distante.

Eclipse solar parcial

No final do dia 15, um eclipse solar parcial cumprimentará observadores do céu em todo o Chile, Argentina, Uruguai, Brasil e Antártica. Infelizmente não conseguiremos ver esse fenômeno aqui em Santa Catarina, quem nos mandou esse aviso foi o meteorologista Leandro Puchalski pelo Twitter. 😉

Durante o eclipse, a lua deslizará entre a Terra e o sol e bloqueará parte do disco solar.

Quanto mais para o sul você estiver, mais o orbe solar ficará coberta durante o pico do eclipse.

Fontes: Só Noticia Boa e Hypeness

RECEBA NOSSO CONTEÚDO EM PRIMEIRA MÃO NO SEU WHATSAPP CLICANDO AQUI.

Leia também: