Por: Sistema Por Acaso | 20/05/2014

14940841

Com o recape da pista e o início da pintura da sinalização viária, a Prefeitura executa os últimos detalhes para concluir a Porta do Mar, obra de qualificação urbana da orla da Lagoa do Saguaçu, no bairro Espinheiros. Estas ações, que incluem também a implantação de equipamentos para a academia de ginástica da terceira idade e o paisagismo, devem ser concluídas até o final do mês. “A inauguração poderá ser realizada no início do mês de junho”, prevê Vânio Kuntze, diretor-executivo do Ippuj.

Nesta terça-feira, trabalhadores da empresa que executa a sinalização viária estão no local fazendo a demarcação e a pintura de faixas de pedestre, faixas nas lombadas e demais sinalizações de trânsito. Ao longo da rua Antônio Gonçalves, via principal de acesso ao equipamento, foram pintadas as vagas de estacionamento no sistema 45 graus, que ocuparam uma das pistas da rua, que tem sentido único direção centro-bairro. A medida visa beneficiar comerciantes e turistas durante os finais de semana, quando o movimento na região é mais intenso.

Os moradores nas áreas vizinhas à Porta do Mar já sentem a mudança na rotina do lugar. Salvador Correa é um dos mais antigos do lugar. “Estou há 50 anos aqui e agora parece que as coisas vão melhorar com estas obras. Já tem bastante gente vindo visitar e esse movimento deve aumentar depois que inaugurar”, afirmou. Um dos itens que ainda causa apreensão é a segurança. “A polícia precisa fazer rondas para que o parque não se transforme num lugar de permanência de marginais”, disse Renato Francisco, que reside na região há dois anos.

Uma das medidas para melhorar a segurança no local, de acordo com Vânio Kuntze, será o sistema de iluminação pública no entorno da Porta do Mar, incluindo o trajeto do trapiche. Mesmo ser ter sido inaugurado, o equipamento já é utilizado por dezenas de pessoas diariamente. “Aqui vem gente de toda a cidade, principalmente para pescar”, comentou Paulinho, comerciante popular do bairro.

Atrações e investimentos

Entre as atrações do equipamento, se destacam o trapiche, com extensão de 126 metros, “Parte do trapiche é fixa e outra parte flutuante, para possibilitar a atracação de embarcações”, comentou Vânio. Além disso, o equipamento conta com duas praças, uma delas com deck para contemplação e em outra haverá equipamentos de ginástica para a terceira idade. Também estão previstas outras benfeitorias, como calçadão e mobiliário para compor o conjunto turístico.

O investimento total do Parque Porta do Mar é de R$ 1,65 milhão. Os recursos são oriundos de financiamento com o Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata). A obra faz parte do programa Linha Verde, que contempla também a reforma no Parque Zoobotânico, no Parque Caieira, no Mirante do Boa Vista e na ligação viária da região Leste até o aeroporto.