Por: Max Pires | 7 anos atrás

A Secretaria de Planejamento e a Gerência de Trânsito estão desenvolvendo ações educativas para prevenção de acidentes de trânsito. Dois servidores do setor foram destacados para realizar o trabalho, revelou o secretário de Planejamento da Prefeitura de Jaraguá do Sul, Aristides Panstein.

São palestras em 18 escolas para alunos do 3º ao 8º ano sobre “Percepção de riscos”, com expectativa de envolver três mil crianças. A acessibilidade no trânsito é outra iniciativa.

Com o estacionamento rotativo reimplantado, 5% das vagas serão reservadas para a terceira idade, pessoas com deficiências, grávidas e acidentados.

Uma ação de acessibilidade está agendada para o dia 21 de agosto, segundo Aristides, na Praça Ângelo Piazera, onde as pessoas com direito às vagas especiais previstas em lei poderão se cadastrar para receber a credencial para uso da vaga de estacionamento.

Outra iniciativa é uma campanha informativa sobre segurança no trânsito.O secretário Aristides comentou sobre outro projeto Empresa x Trânsito Seguro, já com duas empresas aderentes. Jaraguá do Sul também está inserida na ação global da ONU Década sem Acidentes, que começa em 2011 e termina em 2020.

Durante a exposição para empresários durante a plenária da Acijs e Apevi, na segunda-feira, 12, Panstein falou sobre o projeto da Prefeitura de ampliar de 12 para 24 lombadas eletrônicas nos semáforos e de 35 para 44 controladores de velocidade.

No ano passado foi arrecadada de multas emitidas pela Polícia Militar na fiscalização do trânsito, e pela velocidade acima do permitido em semáforos e lombadas a importância de R$ 4.553.457 para uma despesa de R$ 2.791.060. O saldo fica 50% para a Prefeitura, 25% para a Polícia Militar e 25% para a Polícia Civil. O dinheiro deve ser investido exclusivamente na parte de trânsito, segundo o convênio.