Por: Ricardo Daniel Treis | 2 anos atrás

Aconteceu na noite desta terça-feira (04), durante Sessão da Câmara de Vereadores, a apresentação do Projeto do Porto de Entretenimento para Balneário Camboriú idealizado pela empresa BC Port.

O projeto foi apresentado aos demais parlamentares através de um pedido do vereador Roberto Souza Junior (PMDB) que esteve envolvido desde o início com a elaboração da ideia, e teve a iniciativa de trazer para a cidade a construção deste complexo. “A implantação deste Porto de Entretenimento vai trazer mais dinamismo ao comércio, ao turismo e à economia local”, revela Roberto Souza Junior.

porto-balneario-camboriu

A ideia original envolve estender o molhe da Barra Sul por 370 metros e dragar o canal para permitir a atracação de até dois navios ao mesmo tempo, sendo um na parte interna e outro na parte externa da estrutura. Anualmente, mais de 100 escalas passam pelo Sul em direção ao Uruguai e à Argentina, sem parar em nenhum dos terminais turísticos de Santa Catarina.

O maior atracadouro, na parte interna do canal, permitiria até a parada do Allure of the Seas, navio da companhia Royal Caribbean que é hoje o maior do mundo em atividade, com 362 metros de comprimento, e que ainda não pode ser recebido em nenhum porto turístico do país por falta de espaço.

O autor do projeto é André Guimarães Rodrigues, bacharel em Ciências Náuticas e prático em Itajaí. Segundo ele, a atracação em Balneário Camboriú é possível e viável e classifica as condições na baía de quase perfeitas. Ainda de acordo com André, o local escolhido fica protegido de ventos e ondas e tem pouca influência de correnteza, já que o Rio Camboriú tem baixa vazão se comparado, por exemplo, ao Itajaí-açu, onde manobram os navios que atracam nos terminais de Itajaí e Navegantes. “Balneário poderá se transformar em uma Dubai”, disse o autor do projeto durante a apresentação na Câmara.

porto-bc

O custo do projeto está estimado em cerca de R$ 250 milhões de reais e será financiando pela iniciativa privada. O local deverá abrigar lojas, restaurantes, área alfandegária, escadas rolantes e Posto da Marinha do Brasil. A prefeitura municipal de Balneário deverá entrar com os trâmites burocráticos para a concretização da obra.

Por unanimidade, os vereadores presentes optaram por marcar um próximo encontro para discutir o projeto com mais aprofundamento.


Fonte do artigo: Click Camboriú