Por: Ricardo Daniel Treis | 14/07/2011

Batemos um papo com o Prof. Ari, conhecem? Bom, ele é o cara que trouxe a batata recheada para a Schützenfest. Conhecedor do método de produção e respeitoso a ele, há 20 anos vinha servindo o produto na barraca favorita pela galera no evento. 

Pois bem, esse ano a tradição será quebrada, e sabem por quê? Segue o relato do amigo:

Meus caros, é verdade. Infelizmente não estarei completando meus 20 anos de Schützen, mas o destino é assim mesmo. Acredito que todos perdem. Acredito que Schützen sem as batatas pioneiras que o público está acostumado há 19 anos não será a mesma…

Não sei qual o motivo para que o grande cabeção que colocou lance mínimo para a barraca de batatas chegasse a  R$ 9.000,00 (nove mil reais) sabendo que o restaurante dentro do ginásio de R$ 5.000,00 do ano passado passou para R$ 6.000,00. Por essa e outras coisas que a festa continua caindo a cada ano… Tem pessoas que quando estão no poder pensam que tem asas. Mas nem tudo está perdido quem quiser saborear a Schutzenkartoffel é só ir na Kolonistenfest neste final de semana. 

Um Abraço
Prof Ari

Em resumo, a administração dos editais falhou monstruosamente, permitindo que um lance desmiolado e incoerente inviabilizasse completamente um perfil de negócio. Nove mil reais de aluguel por SEIS DIAS de evento? Não é preciso ser um gênio pra perceber que não vale a pena. E detalhe, pelo que o Ari comentou, se você quisesse abrir uma barraquinha de cachorro-quente precisaria desembolsar apenas R$ 2.500,00.

#fail


E quanto à Kolonistenfest, não vai ter samba, mas quem quiser curtir uma festa tradicional daqui e ainda saborear a especialidade do Prof. Ari é só dar um chego na Sociedade Aliança. O evento vai rolar de sexta a domingo.

“Esperamos nossa clientela com todo carinho, oferecendo a batata original e a mais tradicional da cidade.”