Por: André Marques | 04/08/2014

Estar cheio de picadas de mosquito, olhar para o lado e ver seu amigo completamente ileso. Está aí uma situação que certamente muita gente já teve que enfrentar.

Mas por que isso acontece? Não, o “eu sou mais gostoso” é lenda, pode esquecer.

Alguns especialistas na área da saúde listaram os motivos pelos quais algumas pessoas são mais apetitosas que outras para esses pequenos sugadores de sangue. Veja só:

1 – Grupo sanguíneo

De acordo com o farmacêutico e diretor de treinamento dos Laboratórios Phergal, Diego Hoyos, o tipo O é o predileto dos mosquitos (não gostei da notícia).

2 – Gravidez e sobrepeso

“Os mosquitos são atraídos pelo dióxido de carbono, que produzimos ao respirar”, explica Hoyos. “Os níveis de gás carbônico aumentam em adultos, mulheres grávidas e pessoas obesas”, completa o farmacêutico.

3 – Suor

Esses mini-predadores possuem 27 receptores de odor. “O ácido lático contido no suor ativa esses radares”, explica Arantza Vega, membro do Comitê de Alergia a Himenópteros da Sociedade Espanhola de Alergologia e Imunologia Clínica (SEAIC). A substância em questão, em combinação com o gás carbônico, indica que somos mamíferos e, consequentemente, somos fornecedores de sangue. Mulheres grávidas produzem mais desse ácido, o mesmo vale para quem é alto ou acabou de fazer exercícios.

De acordo com os experts, tomar uma boa ducha antes de dormir e não se exercitar antes de ir se deitar são suas maneiras de reduzir essa “química” entre a nossa pele e os pernilongos.

Então já sabe, se você é do tipo que curte uma academia depois da faculdade, não importa se chega em casa sem forças ou morrendo de sono, já pro banho!

via EXTRA