Por: Ricardo Daniel Treis | 6 anos atrás

Boa dica, taí na íntegra, colada direto do blog do Rubens Herbst

Helder Filipov não é músico profissional. Seu ganha-pão é o design, o que lhe deixa umas poucas horas diárias pra usufruir da terapia de produzir canções no computador. Mas isso parece improvável diante de All About Shame e Flow, as duas faixas ofertadas por ele no Soundcloud. Difícil acreditar que tal nível de produção e detalhamento sonoro possa ter sido feita por uma única pessoa na solidão do quarto. Porém, até aí a tecnologia ajuda. Passado isso, começa a valer o grandioso poder vocal do joinvilense e seu inegável talento pra compor peças que fundem metal, rock progressivo, alternativo e pitadas de eletrônica. O trabalho braçal se estende à arte invocada pelo conceito de cada faixa, trabalhos alheios que Filipov realinha pra virarem “capas” dos singles – a imagem acima é uma delas. Aliás, é nesse formato virtual que ele pretende trabalhar, sem se preocupar com disco físico e shows (ao menos neste momento). Ex-guitarrista e vocalista de uma banda cover em Curitiba, Helder opta por seguir sozinho nessa cruzada, que ele sabe ser para o gosto de uns poucos. Pra ele, debruçar-se por meses sobre uma única música e dar-lhe sentido já lhe basta.