Por: Anderson Kreutzfeldt | 4 anos atrás
Seco investiga sumiço de Babilônia por seus próprios meios Foto: Facebook / Reprodução

Seco investiga sumiço de Babilônia por seus próprios meios
Foto: Facebook / Reprodução

Milhares de pessoas de Caxias do Sul (RS) e região se mobilizam nas redes sociais desde a tarde da última sexta-feira. O objetivo da campanha, disseminada via Facebook, é nobre: encontrar Babilônia, cãozinho que há mais de 5 anos faz companhia ao hippie Seco pelas ruas da cidade. O animalzinho teria sumido na noite anterior.

Ao Terra, Seco, 38 anos, afirmou que ele e o cão foram separados enquanto dormiam na última quinta-feira. Os trabalhos de artesanato e até as roupas também lhe teriam sido tirados de forma sorrateira na rua Júlio de Castilhos, região central. “Irmão, eu estava cansado, sem dormir direito há cinco dias, e resolvi descansar um pouco antes do show do Chimarruts. Me encostei na mochila e, quando acordei, só estava eu embaixo das cobertas”, disse o rapaz através do telefone do amigo Marrer Bueno Al Abed, que estabeleceu o contato entre ele e a reportagem.

Mas nenhum bem material tem a mesma importância para o homem de estilo de vida minimalista do que o animalzinho. Babilônia é um cachorro de pequeno porte, mistura de pinscher com vira-lata. Leva no pescoço adornos feitos pelo dono, como um colar de conchinhas.

A solidariedade de amigos e anônimos tem mantido Seco firme e forte à procura de Babilônia. “Me deram arame para eu fazer meus trabalhos e umas meninas me trouxeram roupas”. O hippie também posou para uma foto empunhando um pequeno cartaz. Na imagem, disseminada pelas redes sociais, clama por ajuda para encontrar seu companheiro de quatro patas.

Seco não registrou a ocorrência na polícia. Resolveu investigar por seus próprios meios. “Falei com muito vagabundo de rua, com ladrão, fui na favela, perguntei por aí. Ouvi dizer que ele está num bairro próximo. Daqui a pouco vou atrás dele de novo”, garantiu.

Felizmente, a história acabou tendo um final feliz:

ggyyuViva a internet! \o/

via @Terra