Por: Sistema Por Acaso | 3 anos atrás

A Polícia Civil de Rio do Sul retirou um gato de uma adolescente de 16 anos que, em um vídeo que circula na internet, faz o animal inalar fumaça de maconha. O gato foi entregue a uma organização não-governamental (ONG) da cidade nesta quarta-feira (18).

gato1

Nas imagens, a jovem diz que a gata irá “chapar”. “Não ficou arranhando eu de manhã? Agora vai se acalmar”, diz a adolescente e, na sequência, após tragar um cigarro de maconha, a garota expele fumaça no nariz do animal. A ação é feita diversas vezes. A adolescente chega a tapar as narinas do bicho para potencializar o efeito.

gato

 

Na tarde de quarta-feira, a responsável pela ONG Associação Protetora dos Animais Desamparadas (Apad) de Rio do Sul mostrou aos policiais o vídeo de maus-tratos.

Após confirmarem a identidade da suspeita, policiais foram até a casa da mesma no bairro Canta Galo, por volta das 15h. A garota não estava no local, mas o animal foi entregue aos policiais pelo irmão dela. 

Outros animais – gatos e cachorros -, também estavam no pátio da casa. Como todos aparentavam boas condições físicas, eles permaneceram na residência.

A entrega do bicho foi voluntária. Entretanto, caso houvesse recusa, os policiais emitiriam um pedido judicial.

A polícia solicitou que a adolescente compareça nesta sexta-feira (20) à tarde à delegacia para prestar esclarecimentos. Outra garota, de 19 anos, suspeita de ter filmado a cena, também foi intimada a depor nesta sexta.

Segundo a polícia, ambas podem responder pelo crime de maus-tratos aos animas. A adolescente, conforme a polícia, possui outras passagens por posse de entorpecentes e ainda é suspeita de crimes relacionados ao tráfico de drogas.

Confira o vídeo aqui.