Por: Misael Freitas | 18/04/2017

Uma perereca-de-vidro foi encontrada pela primeira vez na Reserva Particular do Patrimônio Natural Estadual (RPPNE), no Complexo Serra da Farofa, na Serra catarinense. O animal é classificado como vulnerável na lista das espécies ameaçadas de extinção no Estado, divulgada pela Fundação do Meio Ambiente (Fatma).

23220004

A unidade de conservação e preservação ambiental fica entre os municípios Painel, Urupema, Rio Rufino, Urubici e Bocaina do Sul. Além da perereca-de-vidro, foram identificadas outras cinco espécies que estão na lista vermelha das ameaçadas de extinção:

  • Leão-baio;
  • Gato-pequeno-do-mato;
  • Jaguatirica;
  • Papagaio-de-peito-roxo;
  • Irara.

A perereca-de-vidro, da espécie Vitreorana uranoscopa, pertence à família Centrolenidae, mede entre 19 a 25 mm e é típica da Mata Atlântica Sul do país. As principais particularidades dessa espécie são o corpo translúcido e sua vocalização, que se assemelha a uma colher que bate em um copo de cristal, som que permitiu que a perereca fosse encontrada.

Fonte: DC

Fotos: Sumatra Ambiental / Divulgação