Por: | 5 anos atrás

Falar que a pimenta do reino é um tempero que faz mal a saúde não tem sentido nenhum. Pelo menos é o que sugere uma pesquisa coreana, publicada na revista científica Journal of Agricultural and Food Chemistry.

Segundo o estudo, a peperina, mesma substância que dá o sabor ardido ao alimento, não só combate os radicais livres como também inibe a formação de gordura na região abdominal.

Considerada uma das especiarias mais antigas do mundo, a pimenta do reino tem sido muito utilizada pelos chefs de cozinha, o que prova que sua má fama já não é mais a mesma.

Além disso, a iguaria pode ajudar na cicatrização e é rica em vitaminas A, C e E.

Via O2.