Por: Sistema Por Acaso | 4 anos atrás

Já contamos por aqui um pouco da história desse cara, mas caso ainda não o conheçam, vamos apresentá-lo novamente – só que agora com uma versão que pede sua atenção:

Tudo começa quando o professor Fabiano Caviquio, nascido em São José do Rio Preto –SP, se mudou para Santa Catarina em 2009, a procura de perspectivas melhores de onde morava. Aceitando umas aulas em uma academia da região ele acaba por conhecer Paulo Roberto Zimmernann: “Quando bati os olhos já vi um potencial imenso, via ali um futuro campeão de fisiculturismo”.

Mas não esse Paulo da foto acima, e sim dessas fotos aqui:

Agora como ele chegou naquele resultado lá é que vocês vão se surpreender, e quando souberem quanto tempo ele levou pra isso, vão se surpreender ainda mais.

Fabiano não podia intervir no treino do Paulo na época – ele não era o professor responsável da academia, ou seja, pela ética profissional não poderia intervir no trabalho de um colega de profissão – sendo que então por conta própria decidiu convidar Paulo Zimmermann para treinarem juntos, serem “partners”. Paulo de prontidão aceitou, e aí começou a saga.

Foram três anos de treinos árduos, até que o professor Fabiano conseguiu convencer Paulo a se dedicar exclusivamente para competições. Aceitando o desafio dia 22 de dezembro de 2012 Paulo começou sua dieta para se preparar para o estreante de fisiculturismo na cidade de Itajaí.

Uma curiosidade: por se tratar de uma data próxima do Natal e as demais festas de final de ano, Paulo dois dias depois de começar a dieta ligou para seu professor querendo desistir da dieta… Sabem aquela Cesta de Natal da Weg? Então, ele e a esposa tinham acabado de ganhar uma daquelas, mas convencido a não desanimar o atleta seguiu firme na dieta.

Antes de mudar seus hábitos alimentares, Paulo contava com 26% de gordura no corpo, sendo que em um mês conseguiu reduzir para 19% seguindo as instruções de seu treinador e do nutricionista Rafael Soares de Sampa. Faltavam ainda dois dias para a competição e Paulo já se encontrava com o físico quase pronto para a disputa, contando com incríveis 6% de gordura em seu corpo (e depois subindo ao palco do evento com menos ainda). O resultado de tanto esforço não poderia ser outro, ele venceu o campeonato estreante na categoria pesando 80kg, e por muito pouco não venceu o overall, que é o campeão absoluto.

A dieta continuou após a competição, e mesmo com o agravante de patrocínio que é quase nenhum se tratando de Brasil, Paulo persistiu em seu sonho até que conheceu as personas de Ricardo Watzko e Ivan, proprietários da SNC- Jaraguá do Sul, e ali começaram uma parceria com a loja de suplementos e com a empresa Solaris, que apoiaram a próxima competição do atleta, o Campeonato Catarinense.

Com o apoio da loja Paulo conseguiu aumentar significativamente sua massa muscular, e ficou em terceiro competindo uma categoria acima da anterior (até 85 kg). Em menos de 6 meses de preparação Paulo conquistou dois títulos importantes, tendo em vista que os outros competidores já participavam de competições há mais de 20 anos.

Hoje o atleta se prepara para o Sul Brasileiro que vai rolar em dezembro, mas ainda tropeça na falta de patrocínio e apoio – vale lembrar que tanto ele quanto seu treinador estão competindo por amor ao esporte, sem nenhum retorno financeiro e treinam na Academia M8 que gentilmente os acolheu.

Se interessou na história do atleta? Quer ajudar de alguma forma? Não precisa ser necessariamente em dinheiro, qualquer doação que o ajude a seguir nesse sonho é importante, desde alimentação – o cara come 50kg de frango por MÊS! – vestuário para treino, suplementação etc.

Toda a ajuda é bem vinda. Entre em contato pelo (47) 3374 2318 ou então direto pela fanpage da SNC para saber como contribuir.

Força campeão!