Por: João Marcos | 5 anos atrás

Vi lá no OCP que desde ontem os usuários do transporte coletivo intermunicipal de Schroeder e das linhas urbanas de Guaramirim passaram a desembolsar R$0,15 a mais. Em Schroeder, a tarifa foi reajusta em 4,09%, passando de R$ 3,40 para R$ 3,55. Em Guaramirim, o aumento foi de 5,45% e elevou a passagem de R$ 2,75 para R$ 2,90. O último reajuste intermunicipal aconteceu há praticamente 15 meses nesses dois municípios.

Autorizado pelo prefeito Nilson Bylaardt, o reajuste em Guaramirim ocorreu após a apresentação da planilha de custos pela Viação Canarinho, em setembro. Segundo o Executivo, o levantamento acusou queda na arrecadação durante o período sem reajuste. “A planilha apontou defasagem próxima a 5%. Então, para não termos maiores dificuldades, autorizei. Se o reajuste não fosse autorizado agora, significaria um aumento maior no futuro e maior impacto no bolso das famílias”, analisou.

Em Jaraguá do Sul o novo prefeito Dieter Janssen ainda não aprovou o aumento e afirmou que nenhum reajuste será autorizado até que seja analisada a qualidade do serviço de transporte público prestado pela Auto Viação Canarinho.

Parei pra refletir aqui e cheguei na seguinte conclusão:

Enquanto em outros lugares de Santa Catarina os ataques a ônibus vem de fora pra dentro. Em Jaraguá do Sul os ataques vem de dentro pra fora, já que agora está custando R$2,90 uma passagem Jgua/Gmirim que já chegou a custar R$1,50.