Por: Anderson Kreutzfeldt | 11/12/2013

400Wang, de 53 anos foi descoberto pelas autoridades de Pequim (China) e praticamente faliu com multas que foi obrigado a pagar ao governo chinês por violar a política do filho único vigente no país (ele tem 3 filhos). O homem havia passado as últimas duas décadas vivendo em um bueiro para conseguir bancar os estudos de seus filhos.

O chinês viveu em um sistema de esgoto a dois metros da superfície. Seus bens eram apenas um saco de dormir, cobertores e uma garrafa térmica. As autoridades “selaram” a entrada da “casa” de Wang e lhe ofereceram um alojamento temporário, dando alerta a população da periculosidade de viver nessas condições.

Acredita-se que muitas pessoas sem recursos financeiros vivam no subsolo das cidades chinesas.