Por: Ricardo Daniel Treis | 09/01/2014

Foto de Fernando Tubbs:

Árvores Ginásio Arthur MullerA reação da geral não foi outra senão negativa, porém essa era uma que já estava predita desde a apresentação do projeto de reforma do ginásio:

Segue o comunicado feito pela FME:

A Fundação Municipal de Esportes e Turismo comunica que a retirada das árvores da calçada do Ginásio Arthur Müller estava prevista no projeto de revitalização do local, conforme mostra a perspectiva arquitetônica amplamente difundida na imprensa local.

Três fatores foram levados em consideração nesta difícil decisão. O primeiro é proporcionar uma maior segurança aos atuais e futuros usuários do local, bem como aos moradores da região, dando mais amplitude ao espaço, inibindo assim a prostituição e o consumo de drogas no entorno do equipamento esportivo.

O segundo fator foi o fato da variedade plantada no local, o Ficus, ser uma árvore que produz uma boa sombra, mas possui raízes que danificam os passeios, tubulações e até muros. Lembramos que esta mesma variedade foi plantada na Praça Ângelo Piazera e depois substituída pelo mesmo motivo. O terceiro ponto, e não menos relevante, foi o fato de algumas árvores estarem em processo de apodrecimento do caule.

Por fim, a Fundação Municipal de Esportes e Turismo comunica que o local receberá novas árvores num futuro próximo, mas dentro de um projeto de paisagismo elaborado pelos engenheiros do IPPLAN (Fundação Instituto de Pesquisa e Planejamento Físico-Territorial de Jaraguá do Sul).

Outro ângulo do pátio, foto da FME:
1551593_204248463099251_771179590_n


Dessa das raízes comprometerem a estrutura física da calçada e tubulação adjacente, a gente lembra que tá na pauta da prefa uma retirada estratégica de vegetação. Se o projeto for levado pra frente (e não tem porque não ir) as próximas árvores a sumir serão as da lateral do cemitério aqui no Centro.

No replantio espécies mais apropriadas entram em cena, e com técnica que conduzirá as raízes evitando futuros atritos entre árvores e a estrutura urbana: