Por: Anderson Kreutzfeldt | 3 anos atrás

20141004-Invisível“Faz 60 dias que cheguei em São Paulo, mas logo que pisei aqui roubaram todos meus documentos e agora tô na rua. Não é fácil não, ganho um dinheiro olhando carro, mas o foda é que eu uso muita droga, uso de tudo, menos maconha. O que eu mais sinto falta é de um abraço, uma risada, uma conversa tipo a nossa assim, dessas coisas, cara. Minha mãe me abandonou quando eu era moleque ainda porque nasci com uma deficiência. Cresci com a minha avó, mano, ela é tudo pra mim, mas não quero voltar lá pra dar trabalho, quero me arrumar, parar de usar droga e trabalhar pra voltar bem e ser orgulho pra ela.”

Essa poderia ser a história de algum conhecido seu, mas na verdade ela é contada por um morador das ruas paulistanas. A história é contada na nova página do Facebook SP invisível, que vai contando histórias dos moradores de rua da cidade todos os dias.

“A vida de todo mundo era boa no Facebook. Decidimos então mostrar a vida como ela é, com vícios, tristezas, decepções e tudo” – explica o criador da página.

Para acessá-la, clique aqui.