Por: Ricardo Daniel Treis | 3 anos atrás

Artigo por Jean Prado, para o Tecnoblog:

nokia-ozo-1-700x394

A Nokia (sim, aquela parte que não foi comprada pela Microsoft) anunciou nesta quarta-feira (29) sua aposta para o mercado de realidade virtual. A câmera, chamada Ozo, é capaz de gravar vídeos que posteriormente serão reproduzidos em 360º.

A Ozo tem oito sensores que, sincronizados, produzem a imagem. Essa quantidade de câmeras faz com que o software não precise renderizar o vídeo posteriormente ao juntar várias imagens panorâmicas, o que deve deixar a imagem mais fidedigna e pronta para ser usada logo após a gravação.

nokia-ozo-3-700x394

Em relação ao áudio, também são oito microfones que compõem a faixa de som finalizada. A gravação é feita de maneira que haja diferenciação de um som atrás de você ou do seu lado, o que é chamado de “áudio 3D”.

Diferente do que as imagens acima levam a pensar, a Ozo não é uma bola flutuante que faz a gravação de vídeo. Há uma base que reúne os outros componentes e provavelmente serve de suporte à câmera, como mostra o The Verge na imagem abaixo:

nokia-ozo-4-700x467

Segundo a Nokia, a Ozo pretende ser o novo padrão de “captura profissional, edição e reprodução de conteúdo de realidade virtual cinematográfico”. Com a facilidade de gravação, não é difícil que o produto se espalhe rapidamente pela indústria da realidade virtual.