Por: Isah Sanson | 7 anos atrás

Até fevereiro, Fedra da Silva e o pai, Ivo Konell, eram considerados pelo PSD os possíveis substitutos de Cecília Konell na disputa pela Prefeitura. A prefeita está com os direitos políticos cassados por três anos e pode ser barrada pela Lei da Ficha Limpa caso não consiga reverter uma decisão do Tribunal de Justiça, que manteve a condenação em primeira instância em outubro.

Cecília foi condenada por ter nomeado a irmã para um cargo gratificado sem exercer a função. Ela recorreu da decisão e precisa ganhar a causa para se candidatar.

Em ano eleitoral, em que a prefeita Cecília é ainda vista como possível pré-candidata à reeleição pelo PSD em Jaraguá, Ivo afirma que pretende se dedicar à campanha da mulher, como fez em 2008. “Terei mais tempo de fazer política do que antes. Agora, sou o Lula da Cecília”, declarou ele, sobre os seus planos depois de ser afastado do cargo de secretário de Administração.

Na visão de Konell, a decisão da Justiça não terá impacto sobre os planos do PSD na campanha eleitoral deste ano para a Prefeitura de Jaraguá do Sul.

Via AN. Na reportagem veiculada no O Correio do Povo:

Apesar de demonstrarem tranquilidade, pai e filha já providenciaram ontem mesmo a elaboração de suas defesas. Além do amparo jurídico particular, os dois contam com a assessoria jurídica do procurador do município, Mário Sérgio Peixer Filho, que ontem já começou a preparar uma manifestação contrária a decisão judicial.  “Nós temos bastante segurança, essa decisão pode ser revertida.”