Por: Tita Pretti | 3 anos atrás

Vencedor de dois prêmios Oscar de Melhor Roteiro Original (Pulp Fiction, 1995 e Django, 2012), Quentin Tarantino é um dos diretores mais conceituados atualmente. Seus filmes, sucessos de bilheteria e crítica, são conhecidos por tomadas e ângulos “signature” — e isso faz com que o espectador saiba quando está assistindo a “um Tarantino”.

Porém, são poucas as pessoas que prestam atenção em outra coisa além da imagem, que é a sonoplastia. Os efeitos sonoros são extremamente importantes em qualquer filme. Eles marcam cenas e tempo, além de ditar ritmos de ação ou drama.

Um usuário do Vimeo, chamado Jacob T. Swinney, resolveu unir planos em que os sons fazem um papel importante durante as cenas — talvez até mais que a própria imagem.

No vídeo, você verá como os barulhos dão o tom às imagens de filmes como Cães de Aluguel (1992), Pulp Fiction (1994), Kill Bill: Vol 1 e 2 (2003, 2004), À Prova de Morte (2007), Bastardos Inglórios (2009) e Django Livre (2012).

Via Mega Curioso.