Por: João Marcos | 5 anos atrás

Jiu-Jitsu infantil a partir dos três anos de idade. São crianças que praticam o esporte e liberam toda ansiedade e energia sob os tatames. O jiu-jitsu, assim como o colégio; curso de inglês; natação e demais afazeres infantis, faz parte da rotina dessas crianças, que levam à sério as instruções de seu mestre. O temperamento de algumas crianças melhora, consideravelmente, com o jiu-jitsu.

Um valor muito positivo, que os alunos mirins levam, para a vida adulta, é a obrigação de saber perder. Como se sabe, aceitar a perda não é nada fácil para um adulto, imagine para uma criança. Mas no esporte de competição, assim como na vida, é importante a pessoa ter a consciência de que tanto a derrota quanto a vitória são essenciais para a constituição de um ser humano. O professor incentiva para que a criança entenda por que perdeu e não fique com raiva disto, pois perder é tão natural como vencer.
O jiu-jitsu também ajuda na coordenação motora deles; além de aumentar a capacidade de concentração ( uma ótima notícia para os pais!).

Equipe mirim da Nova União Jaraguá em torneio realizado na cidade de Blumenau

Não poderia ser diferente já que a fome e a vontade de comer são aliadas. Além do jiu-jitsu ser um jogo de xadrez, que por si só é um jogo inteligente e que exige raciocínio rápido e muita disciplina.

E pelo visto, o jiu-jitsu deixou de ser coisa só de homem há muito tempo. Hoje em dia, é muito comum meninas freqüentarem os tatames!

A Nova União Jaraguá conta com aulas especiais para a garotada, em horários especiais também. Agende uma aula experimental! A Academia fica anexa ao Clube Atlético Baependi e o telefone para contato é o 8817 7368.

Ou pra quem está mais acomodado com a internet, vale o contato pela fanpage da academia: