Por: Gabrielle Figueiredo | 2 anos atrás

Segue artigo publicado na Rádio Jaraguá

Os órgãos ambientais se comprometeram em aumentar a fiscalização nos bairros que fazem limite com o rio Itapocuzinho, para tentar coibir os casos de poluição no rio.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Esta foi uma das principais definições da segunda reunião sobre a contaminação do Itapocuzinho e os problemas que isso tem ocasionado com frequência ao abastecimento de água em Guaramirim. A reunião aconteceu na tarde de quarta-feira, dia 2, para discutir o assunto, já que a direção da Águas de Guaramirim tem sofrido com a poluição no rio, que obriga o desligamento da captação de água e, consequentemente, problemas no abastecimento à população.

O pedido da empresa é para que haja maior fiscalização nos três municípios que margeiam o rio Itapocuzinho – Guaramirim, Jaraguá do Sul e Schroeder. Membros da Águas de Guaramirim, Defesa Civil Estadual e de Guaramirim, FATMA, ARIS, Fujama e Amvali participaram do encontro. Os órgãos fiscalizadores comprometeram-se a intensificar a vigilância nas suas áreas. Um plano de atendimento às denúncias será elaborado em conjunto com a Defesa Civil.

A partir das informações levantadas pelos órgãos ambientais serão identificados os pontos de controle crítico e o método para monitoramento destas áreas. Na próxima reunião, deve ser apresentado o plano de atendimento das denúncias e as ações de fiscalização.