Por: Ricardo Daniel Treis | 7 anos atrás

Foi publicado o trailer da animação made-in-Jaraguá “Ecotrash – O Genoma das Almas”, e o Rubens Herbst fez uma resenha bem legal sobre ela em sua coluna hoje. Confiram:

Muito tempo atrás, Gustavo Nettoh encontrou no chão uma bomba de combustível de carro e de imediato percebeu nela feições de um pássaro, tipo um Zé Carioca de metal. Estava ali a gênese de “Ecotrash – o Genoma das Almas”, longa de animação que o jaraguaense passou os últimos 15 anos produzindo e que recebe agora os retoques finais. O trailer que acaba de ser desovado no YouTube ainda não tem a finalização em película. Mesmo assim, contatos pra definir o meio de exibição estão em andamento. TV, vídeo, cinema ou internet, seja qual for o escolhido, revelará um trabalho artesanal, em boa parte feito num pré-histórico computador 386, protagonizado por objetos humanizados e imbuído de espírito ecológico-educativo. Nettoh – idealizador e mão de obra solitária do projeto – diz que “a grande questão foi desenvolver soluções, porque as ideias que eu tinha o computador não comportava”. Mas ele espera que tudo seja diferente em “Nirvana” (inclusive o tempo de produção), o segundo título da produtora Megamundi, já em andamento. Com esse cartão de visitas chamado “Ecotrash – o Genoma das Almas” em mãos, é bem capaz que os olhos que miram ávidos a animação brasileira (leiam-se parceiros e investidores) se voltem para o Norte catarinense.