Por: Gabriela Bubniak | 12/04/2016

O uso de suplementos alimentares está mais comum a cada dia, principalmente por quem pratica exercícios com frequência. Quem é que nunca ouviu falar do famoso “Whey Protein“?

As informações sobre esses produtos divergem opiniões, e a discussão é grande.

Para sanar algumas dúvidas sobre o assunto, procuramos a nutricionista Lidiane de Carvalho Atala. Ela destacou pontos importantes sobre o consumo de Whey.

“As pessoas cometem muitos erros na hora de usar, e o horário de tomar é um deles. Outro erro comum é misturar alguma coisa que não pode. O Whey deve ser usado com água. Também erram muito na quantidade, o que for consumido a mais vai virar reserva de gordura e não músculo, podendo também trazer malefícios para rim e fígado.” – Lidiane Atala

Afinal, o que é o Whey Protein?

O Whey Protein é uma proteína de alta qualidade, extraída do soro do leite. Fonte de aminoácidos essenciais (que o nosso corpo não produz), com a principal função de reparação muscular e hipertrofia (aumento dos músculos).

O que ele faz no organismo?

Além do ganho de massa magra, também pode ser utilizado por idosos para melhora no desempenho em exercícios de força (sempre acompanhado de um profissional de nutrição).

Qualquer pessoa pode consumir?

Praticamente todas as pessoas que realizam atividades físicas regulares podem tomar o suplemento (sendo indicado no pós-treino), mas, na consulta nutricional, devem ser avaliados cautelosamente a necessidade, quantidade e qual tipo tomar. Diabéticos, pacientes renais, que tenham acne crônica devem evitar o uso.

Qual a forma certa de consumir?

O Whey protein deve ser consumido preferencialmente com água, sempre após o treino.

A quantidade de Whey deve ser calculada junto com a dieta e não além da dieta, pois a proteína pode gerar ganho de peso tanto quanto o carboidrato (ambos tem 4 kcal por 1g).

Um scoop de Whey (30g) tem em média 120 calorias. É um complemento à alimentação, então nem todos que treinam ou fazem alguma atividade precisam tomar.

Ele pode trazer algum risco à saúde?

Como todo suplemento ou até mesmo alimento tomado de forma indevida ou em excesso pode trazer riscos a saúde. Sempre digo, a diferença do veneno e o remédio é a quantidade.

Quais as dicas para quem consome ou pensa em consumir?

Primeiramente procure um profissional competente para a prescrição. Também devem ser tomados alguns cuidados na hora da compra, como comprar em um lugar de confiança. Já vi Brand (que é uma mistura de carboidratos e uma quantidade pequena de proteína) sendo vendido como Whey puro. São prescrições totalmente diferentes, com finalidades distintas. Eu sempre peço para meu paciente mandar uma foto do rótulo, para garantir.

Fotos: Divulgação