Por: | 8 anos atrás

Born Free não vai conseguir se livrar das suas cenas polêmicas. A crueldade de duas cenas vai ofuscar a truculência no restante dos nove minutos de clipe. O diretor Romain Costa-Gavras tem um histórico com violência (Stress, do Justice), mas a violência é mais explícita no clipe da M.I.A.

O choque das cenas de morte vai se sobrepor ao trabalho de alto nível do restante do vídeo. Uma pena, mesmo sabendo que esse efeito é intencional.

 

Via Cultura Clipe. Vídeo apenas para maiores de 18 anos.