Por: Ricardo Daniel Treis | 26/07/2011

“Mato, roubo, destruo minha vida e destruo a vida da minha família, mas não profano imagem. Isso não. É um pecado, tá errado.”