Por: Max Pires | 09/08/2010

ufc-117

Quando tudo parecia perdido, no quinto round, ele encaixou um triângulo e manteve o cinturão dos médios

Veja o vídeo aqui.

Uma noite inesquecível. O UFC 117 entra para a história do MMA e com uma das lutas que dificilmente será esquecida pelos fãs do esporte que mais cresce no mundo. Depois de tomar, literalmente, uma surra durante 23 minutos, Anderson Silva encaixou um triângulo sensacional para cima de Chael Sonnen e manteve o cinturão dos médios pela oitava vez consecutiva na sua carreira do UFC.

Nem mesmo o mais fanático torcedor de Chael esperava uma performance tão boa do norte-americano. Ele conseguiu se igualar na trocação com Anderson Silva, levava o brasileiro quando queria para o chão e o mantinha encostado com as costas na lona, trabalhando no ground and pound. Até que o Aranha, no melhor estilo Minotauro, aplicou um triângulo em um momento que ninguém esperava e conseguiu ali, aos 3 minutos e 10 segundos do 5º round, devolver a alegria para os seus fãs que já estavam boquiabertos em ver seu maior ídolo no mundo das lutas perdendo de uma forma inesperada.

Não por acaso, Chael Sonnen e Anderson Silva foram premiados com o bônus de melhor luta da noite do UFC 117. Além disso, o brasileiro também foi eleito como dono da melhor finalização da noite.

Na entrevista pós-luta, Anderson Silva afirmou que estava com uma de suas costelas quebradas. Disse que não era desculpa para nada. O fato acabou tornando as coisas mais fáceis de serem entendidas. O brasileiro não chegou nem a um terço de sua tradicional atuação. Dana White ainda não decidiu se vai colocar Anderson para encarar Vitor Belfort ou se dará a chance para a revanche de Chael Sonnen.

No co-main event, Thiago Pitbull acabou caindo perfeitamente no jogo de John Fitch. O que todo mundo já esperava aconteceu. O norte-americano segurou a luta e dominou seu adversário a toda hora. Sempre que quis, Fitch colocava o brasileiro para baixo e caminhou para mais uma vitória contra Pitbull sem grandes dificuldades. Agora é esperar Josh Kosheck ou George St-Pierre, que só devem se encontrar em dezembro.

Outro brasileiro que não se deu bem no UFC 117 foi Rafael dos Anjos. Ele mostrou uma evolução impressionante de sua luta em pé contra Clay Guida, mas acabou sentindo uma lesão na mandíbula. Ele não aguentou as dores e bateu mesmo sem nenhuma tentativa de finalização do norte-americano.

Cigano foi outro brasileiro que deixou os fãs animados. Em uma luta espetacular com Roy Nelson, o brasileiro conseguiu a vitória na decisão unânime dos juízes. Ele praticamente dominou o primeiro round inteiro e por pouco não venceu por nocaute técnico. O norte-americano surpreendeu por aguentar tanto e provou que seu queixo é de aço. Essa foi a primeira luta do invicto Cigano no UFC que foi decidida por decisão da arbitragem. Agora, ele espera o vencedor do UFC 121, entre Brock Lesnar e Cain Velásquez.

Ricardo Cachorrão dormiu no octógono. Depois de sentir um forte golpe de Matt Hughes, ele caiu no chão e viu seu adversário encaixar um triângulo de mão que o fez desmaiar. O experiente lutador não teve grandes dificuldades para sair vitorioso.

No card preliminar, o destaque do UFC 117 fica por conta de Stefan Struve, que foi destruído por Morecraft no primeiro round, mas encaixou um soco perfeito no queixo de seu adversário no segundo round e ainda saiu com o prêmio de nocaute da noite.

Confira os resultados completos do UFC 117:
– Anderson Silva venceu Chael Sonnen com um triângulo aos 3m10s do 5R
– John Fitch venceu Thiago Pitbull na decisão unânime dos juízes
– Clay Guida venceu Rafael dos Anjos por desistência (lesão na mandíbula) aos 1m51s do 1R
– Matt Hughes venceu Ricardo Cachorrão com um triângulo de mão aos 3m15s do 1R
– Junior dos Santos venceu Roy Nelson na decisão unânime dos juízes
– Rick Story venceu Dustin Hazellet por nocaute técnico com socos aos 1m15s do 2R
– Phil Davis venceu Rodney Wallace por decisão unânime dos juízes
– Johny Hendricks venceu Charlie Brenneman por nocaute técnico com socos aos 0m40s do 2R
– Tim Boetsch venceu Todd Brown na decisão unânime dos juízes
– Stefan Struve venceu Christian Morecraft com nocaute técnico com socos aos 0m22s do 2R
– Dennis Hallman venceu Bem Saunders na decisão unânime dos juízes

Via Abril.