Por: Max Pires | 16/06/2010

nintendo 3d

Satoru Iwata, presidente global da Nintendo, interage com o Super Mario em vídeo promocional do Nintendo 3DS

A Nintendo apresentou em sua conferência na E3, nesta terça-feira (15), o Nintendo 3DS, portátil que sucede a família DS e que exibe imagens em 3D estereoscópico. Não foi divulgado nem preço nem data de lançamento – por ora, está programado para sair até o final do ano.

O aparelho, que pôde ser testado no próprio Nokia Theater onde aconteceu a conferência, exibe imagens em 3D “real”, com sensação de profundidade, sem precisar usar óculos especiais, como foi enfatizado – e até ironizado – por Reggie Fils-Aime, presidente da Nintendo para os Estados Unidos.

A tela de cima tem proporção wide, de 16 por 9, com tamanho de 3,5 polegadas. Essa é a que exibe imagens em 3D, cujo efeito é ajustável (mais ou menos profundidade). A de baixo é como os atuais DS, sensível ao toque.

Um dos títulos apresentados foi “Kid Icarus: Uprising”, um game de ação e aventura baseado num clássico personagem da época do NES. O visual é similar ao que é possível no GameCube ou Wii, pelas impressões. O game está sendo feito pelo Project Sora, de Masahiro Sakurai (de “Super Smash Bros. Brawl”).

Além disso, estão previstos filmes em 3D para o portátil. A Nintendo já tem parcerias com Disney, Warner Bros. e Dreamworks, que proverão títulos como “Como Treinar Seu Dragão” e a animação baseada em Rapunzel. O novo aparelho será compatível com os jogos do atual Nintendo DS e do DSi.

Novas funções

Outra novidade é a inclusão de um direcional analógico, como o PSP. O Nintendo 3DS também possui sensores de aceleração (acelerômetro) e de inclinação (giroscópio). O aparelho possui duas câmeras na tampa, permitindo tirar fotografias em 3D. Além disso, as funções de comunicação sem fio são automáticas, sem necessidade de configuração e que funciona mesmo quando o usuário está jogando. Com isso, o aparelho pode receber conteúdos adicionais, e sem pagar por isso, segundo a Nintendo.

O Nintendo 3DS não é a primeira incursão da Nintendo nas imagens em 3D. Em 1995, a companhia já tinha lançado o Virtual Boy, um videogame em forma de visor que exibia imagens com sensação de profundidade.

Mas o fato de mostrar apenas imagens vermelhas e a falta de jogos fizeram do Virtual Boy um dos maiores fracassos da Nintendo.

A E3 começa oficialmente nesta terça-feira (15). O UOL Jogos está em Los Angeles para cobrir ao vivo todas as novidades do evento.

Via UOL.