Por: João Marcos | 6 anos atrás

Morreu a astronauta Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar na Lua. Mas não é de hoje que me deparo com publicações de muita gente que não acreditam nessa história, e que reforçam seus pensamentos e teorias afirmando que o homem nunca esteve no satélite natural da Terra. Na web ainda pipocam várias teorias da conspiração, acreditam que tudo não passou de uma farsa americana em um momento crítica da Guerra Fria.

Abaixo, alguns argumentos apresentados pelos incrédulos que encontrei n’O Globo:

1 – Quando os astronautas estão colocando a bandeira dos EUA, ela ondula. Mas não há vento na Lua.

2 – Nenhuma estrela é visível nas fotos tiradas pelos astronautas da Apollo da superfície da Lua.

3 – Nenhuma cratera causada por impacto é vista nas fotos tiradas do módulo de aterrissagem lunar.

4 – O módulo de aterrissagem pesa 17 toneladas e mesmo assim pousa sobre areia sem deixar marcas. Perto dele, as pegadas dos astronautas podem ser vistas na areia.

5 – As pegadas na fina camada de poeira lunar, sem umidade ou atmosfera ou forte gravidade, são inesperadamente bem preservadas, como se feitas em areia molhada.

6 – Quando o módulo de aterrissagem decola da superfície da Lua, não há uma chama visível saindo do foguete.

7 – Se for acelerado o filme dos astronautas andando na superfície da Lua, os americanos parecem ter sido filmados na Terra e então colocados em câmera lenta.

8 – Os astronautas não poderiam ter sobrevivido à viagem por causa da exposição à radiação do Cinto de Radiação de Van Allen.

9 – As rochas trazidas da Lua são idênticas às rochas coletadas por cientistas em expedições para a Antártida.

10 – Todas as seis aterrissagens na Lua aconteceram durante a administração Nixon. Nenhum outro líder nacional afirmou ter levado astronautas à Lua, apesar dos 40 anos de rápido desenvolvimento tecnológico.

11 – Com tantos avanços tecnológicos, por que o homem não voltou à Lua mais de 40 anos depois da primeira aterrissagem?

12 – Os astronautas com o traje espacial (só o traje pesa cerca 80Kg – informação da Nasa) andam em pulinhos quase flutuando, mas a areia que eles chutam caem de volta ao chão como em qualquer praia na terra.

Pra mim o cheque de que isso não é verdade é justamente o item 11 dessa lista, com a ganância e a curiosidade dos seres humanos, porque 40 anos depois do primeiro homem ter pisado por lá nós ainda não voltamos? Não faz sentido, faz muito menos sentido aquele robozinho estar em Marte, enquanto poderíamos ter humanos na Lua, não é mesmo? Mas, opinião minha, ou seja, não tem relevância nenhuma.