Por: Ricardo Daniel Treis | 07/02/2011

Voltando ao assunto da semana passada preciso ainda constar mais uma linha, que é quanto ao volume do som. Geralmente não basta a música ambiente ou ao vivo ser um desastre, a falta de noção também extende-se ao volume à qual é transmitida. É o próprio pesadelo: mesmo que você não queira prestar atenção no cara miando ao palco não tem outra alternativa, visto que conversar no ambiente é inviável.

Proprietários, anotem aí: quando os cliente têm que berrar o pedido pro garçom, é sinal que tem algo errado. Peçam à equipe para lembrar que, quando perguntarem se o prato ou atendimento está bom, também questionarem se o volume do som está agradável.