Por: Sistema Por Acaso | 11/02/2015

Por meio de uma câmera escondida a produtora Nina Mandin, de 26 anos, descobriu que seu noivo estava agredindo suas duas cadelas da raça buldogue francês.

Desconfiada dos ferimentos e do comportamento arisco dos animais, ela flagrou Rafael Hermida Fonseca, de 34 anos, com quem se casaria em junho, arremessando uma das cadelas no chão e batendo na outra.

O vídeo, que causou revolta nas redes sociais, será usado como prova no inquérito aberto pela Polícia Civil para investigar o caso. Nina já prestou depoimento. Rafael deveria ser ouvido nesta terça-feira, mas o depoimento foi adiado por ele por medo de retaliações.

Rafael é advogado e dono de um bar na Barra da Tijuca (Rio de Janeiro), mas seus sócios pretendem expulsá-lo da sociedade. Ele cancelou suas contas em redes sociais depois de receber ameaças.

As imagens são fortes, mas ajudam a fortalecer a discussão sobre os maus-tratos contra animais, um problema infelizmente ainda muito comum no Brasil.

Saiba como denunciar

Além dos serviços telefônicos criados para atender denúncias de maus-tratos e outras formas de violência, há também alguns movimentos que trabalham pelo fim dos abusos, como o PEA (Projeto Esperança Animal) e Arca Brasil.

Aqui em Santa Catarina, o número para denunciar esses casos é o 181, assim como no Paraná e no Rio Grande do Sul.

Via Catraca Livre.