Por: | 8 anos atrás

O vereador Jaime Negherbon (PMDB) está contente com o anúncio de que haverá mudança de velocidade da lombada eletrônica localizada na rua Feliciano Bortolini esquina com a Francisco Stinghen, no bairro Barra do Rio Cerro, uma antiga reivindicação sua. Agora, a velocidade máxima permitida no local é de 40 quilômetros por hora, onde antes era de 60 quilômetros por hora.

A notícia foi dada pelo vereador Justino Pereira da Luz (PT), na sessão da última quinta-feira (31). Segundo ele, essa é a primeira indicação atendida das dezenas enviadas por estudantes do terceiro ano do ensino médio dentro do projeto “Câmara. Com Você”. Esta indicação foi apresentada pelos alunos da Escola Maria Frank Welk, que funciona no Caic do bairro São Luís.

Jaime é autor do projeto de lei nº 258/2010, que está tramitando na Câmara, que padroniza em 50 quilômetros por hora a velocidade máxima permitida na passagem dos veículos automotores em todos os reguladores de velocidade de Jaraguá do Sul. O projeto é inspirado no exemplo de Blumenau. Ele visa regulamentar o tema e ajudar aos motoristas, que constantemente se confundem com as duas velocidades empregadas nos radares da cidade. “As pessoas que moram em Jaraguá já se confundem. Imagina as pessoas que vem visitar a cidade”, analisou.

O gerente de trânsito da Prefeitura de Jaraguá do Sul, José Schmitt, afirmou, em entrevista a uma rádio local nesta quarta-feira, que os novos equipamentos, tantos os semáforos como as lombadas eletrônicas, adquiridos pela administração municipal serão regulados em 50 quilômetros por hora, evitando as confusões que existem com reguladores a 40 km/h e outros a 60 km/h. A nova velocidade na Feliciano Bortolini está em fase experimental e, por enquanto, ainda não estão sendo aplicadas multas.