Por: Ricardo Daniel Treis | 16/04/2013

Estrela do telecatch na década de 1980, Ivo Lenzi, mais conhecido no meio das lutas como Mister Lenzi, de 59 anos, está de volta a Jaraguá do Sul. Nascido na cidade, o lutador percorreu o mundo e ganhou fama com a participação no telecatch (programas de televisão que exibiam combates de luta livre e combinavam encenação teatral e combate). Hoje, Lenzi continua no mundo das lutas, mas como sparring (lutador experiente que auxilia no preparo de outro profissional) do campeão espanhol de boxe Casca, além de continuar como boxeador.

O começo do lendário Mister Lenzi foi no Rio de Janeiro, em 1985, quando foi descoberto por um empresário de luta livre. O olheiro pediu para que o treinador preparasse o jaraguaense para disputar o telecatch. “Toda sexta-feira, nós viajávamos para uma capital”, relembra. Cada local possuía um estabelecimento diferente. Em Porto Alegre, era o Gigantes do Ringue; em Curitiba, Reis do Ringue; no Rio de Janeiro, as lutas ocorriam no Montilla; e em São Paulo era na TV Gazeta. Inclusive, foi na tevê que Lenzi teve sua maior conquista no telecatch, vencendo o renomado Metralha.

“Fiquei dois anos viajando com eles. Voltei para Santa Catarina e parei de treinar. Mas logo depois fui convidado para um campeonato de luta olímpica, na Venezuela. Levaram os melhores do Brasil. E um dos lutadores acabou se machucando e entrei para o grupo”, recorda. Mesmo sem preparação, Lenzi faturou o terceiro lugar na competição Sul-americana, maior título da carreira do lutador.

Depois das glórias no telecatch e na luta olímpica, que renderam cicatrizes no rosto,mas grandes recordações, o jaraguaense continuou como lutador de boxe. Ele participava de lutas na América Latina e também no interior do País. Hoje, se recupera de uma distensão muscular na coluna, mas pretende voltar aos ringues fazendo lutas esporádicas no Brasil e no exterior. “Quando melhorar, voltarei para os treinos. Vou sempre a uma academia para brincar com os lutadores locais. Eu tento transmitir o que aprendi para os mais jovens”, descreve.

Sobre o UFC, que vai acontecer em Jaraguá do Sul no dia 18 de maio, Lenzi comemora. “As academias estão cheias e tem gente muito boa aqui. Com o UFC, mais gente vai querer praticar e, com certeza, sairá um campeão de Jaraguá do Sul futuramente”, projeta.


Ótima matéria da Genielli Rodrigues para o AN.